quarta-feira, 23 de junho de 2010

Amor abstrato (?)

" Muda o meu olhar, meu jeito de falar " ...

Dois minutos, poucas palavras e uma noite feliz, um dia feliz e com certeza, um futuro feliz.
Isso seria o bastante, e quando eu digo que me contento com pouco, eu estou falando sério .

O abstrato é aquilo que não existe, acho que seria em vão sustentar um amor por algo/alguém inexistente.

Mas e se hoje eu lhes dissesse que todos os meus , 'você' , são pra alguém que nem existe ?
Não existe um 'você' de verdade, é só imaginação . Até que me provem o contrário, VOCÊ, me prove o contrário.


Isso não passa de palavras confusas, e idéias paralelas .
Boa noite e até amanhã .

2 comentários:

  1. éee, o meu "você" também, nunca foi direcionado para ninguém em especial. ;D

    APOSKA'

    ResponderExcluir